Home > Eventos > Tour de Mobilização da Navdanya International na Itália para Alimentos e Agricultura livres de Veneno

This post is also available in: Inglês, Italiano, Espanhol, Francês, Alemão
Array
(
    [en] => Array
        (
            [code] => en
            [id] => 1
            [native_name] => English
            [major] => 1
            [active] => 0
            [default_locale] => en_US
            [encode_url] => 0
            [tag] => en
            [missing] => 0
            [translated_name] => Inglês
            [url] => https://navdanyainternational.org/mobilization-tour-in-italy-spril-2019/
            [country_flag_url] => https://navdanyainternational.org/wp-content/plugins/sitepress-multilingual-cms/res/flags/en.png
            [language_code] => en
        )

    [it] => Array
        (
            [code] => it
            [id] => 27
            [native_name] => Italiano
            [major] => 1
            [active] => 0
            [default_locale] => it_IT
            [encode_url] => 0
            [tag] => it
            [missing] => 0
            [translated_name] => Italiano
            [url] => https://navdanyainternational.org/it/navdanya-international-il-tour-di-mobilitazione-per-un-cibo-e-unagricoltura-senza-veleni/
            [country_flag_url] => https://navdanyainternational.org/wp-content/plugins/sitepress-multilingual-cms/res/flags/it.png
            [language_code] => it
        )

    [es] => Array
        (
            [code] => es
            [id] => 2
            [native_name] => Español
            [major] => 1
            [active] => 0
            [default_locale] => es_ES
            [encode_url] => 0
            [tag] => es
            [missing] => 0
            [translated_name] => Espanhol
            [url] => https://navdanyainternational.org/es/la-gira-de-movilizacion-de-navdanya-international-en-italia-para-la-alimentacion-y-la-agricultura-libres-de-venenos/
            [country_flag_url] => https://navdanyainternational.org/wp-content/plugins/sitepress-multilingual-cms/res/flags/es.png
            [language_code] => es
        )

    [fr] => Array
        (
            [code] => fr
            [id] => 4
            [native_name] => Français
            [major] => 1
            [active] => 0
            [default_locale] => fr_FR
            [encode_url] => 0
            [tag] => fr
            [missing] => 0
            [translated_name] => Francês
            [url] => https://navdanyainternational.org/fr/tournee-de-mobilisation-de-navdanya-international-en-italie-pour-une-alimentation-et-une-agriculture-libres-de-poisons/
            [country_flag_url] => https://navdanyainternational.org/wp-content/plugins/sitepress-multilingual-cms/res/flags/fr.png
            [language_code] => fr
        )

    [de] => Array
        (
            [code] => de
            [id] => 3
            [native_name] => Deutsch
            [major] => 1
            [active] => 0
            [default_locale] => de_DE
            [encode_url] => 0
            [tag] => de
            [missing] => 0
            [translated_name] => Alemão
            [url] => https://navdanyainternational.org/de/navdanya-internationals-italienische-mobilisierungstour-fuer-giftfreies-essen-und-landwirtschaft/
            [country_flag_url] => https://navdanyainternational.org/wp-content/plugins/sitepress-multilingual-cms/res/flags/de.png
            [language_code] => de
        )

    [pt-br] => Array
        (
            [code] => pt-br
            [id] => 43
            [native_name] => Português
            [major] => 0
            [active] => 1
            [default_locale] => pt_BR
            [encode_url] => 0
            [tag] => pt-br
            [missing] => 0
            [translated_name] => Português
            [url] => https://navdanyainternational.org/pt-br/tour-de-mobilizacao-da-navdanya-international-na-italia-para-alimentos-e-agricultura-livres-de-veneno/
            [country_flag_url] => https://navdanyainternational.org/wp-content/plugins/sitepress-multilingual-cms/res/flags/pt-br.png
            [language_code] => pt-br
        )

    [el] => Array
        (
            [code] => el
            [id] => 13
            [native_name] => Ελληνικα
            [major] => 0
            [active] => 0
            [default_locale] => el
            [encode_url] => 0
            [tag] => el
            [missing] => 1
            [translated_name] => Grego
            [url] => https://navdanyainternational.org/el/mobilization-tour-in-italy-spril-2019/
            [country_flag_url] => https://navdanyainternational.org/wp-content/plugins/sitepress-multilingual-cms/res/flags/el.png
            [language_code] => el
        )

)

A presidente da Navdanya, Dra. Vandana Shiva, juntou-se à equipe na Itália de 9 a 13 de abril para uma turnê de mobilização ecológica que tocou vários destinos: Campobasso, Bassano del Grappa, Bolzano, Mals no sul do Tirol, Trento e Turim. O tour foi uma oportunidade para a Navdanya International testemunhar a extensão e o impacto das monoculturas intensivas nas comunidades, por um lado, e a forte vontade dos cidadãos de unir forças para se opor a essa tendência tóxica na agricultura, por outro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Cidadãos de todo o mundo estão prontos para uma transição baseada em um modelo econômico que garanta uma dieta nutritiva e saudável para todos, e que não seja mais exclusivamente voltado para atender os interesses corporativos do agronegócio e do varejo em larga escala. Nesse contexto, a Campanha Global da Navdanya International para “Alimentos e Agricultura sem Veneno” é um convite para criar um movimento global unificado de mudança no paradigma da produção de alimentos, atualmente dominado por gigantes corporações de agronegócios, que estão influenciando as escolhas políticas e subvertendo os direitos democráticos das pessoas.

A Campanha faz parte do enfoque mais recente da Navdanya International para a criação de um modelo agrícola, alimentar e social mais saudável e equitativo, em estreita colaboração com organizações da sociedade civil, especialistas, agricultores e produtores de todo o mundo.

Em 13 de abril, Vandana Shiva se uniu a Don Ciotti em Turim em uma conferência sobre o valor ecológico da encíclica “Laudato si” do Papa Francisco. A Dra. Vandana Shiva comentou as distorções do sistema econômico atual da seguinte forma: “Quando dizemos que queremos acabar pobreza, então devemos olhar para os sistemas que criam pobreza, roubando os pobres de seus meios de subsistência e do bem comum. Antes de podermos fazer da pobreza história, devemos considerar adequadamente a história da pobreza. A questão não é quanto as nações ricas podem dar, a questão é como elas podem tirar menos”.

Content not available.
Please allow cookies by clicking Accept on the banner

O evento organizado em Veneto em 10 de abril, continuou a partir da conferência de imprensa com Vandana Shiva, organizado pela Navdanya Internacional, realizada em 7 de março na Câmara dos Deputados em Roma, que contou com a participação de representantes dos movimentos locais de Veneto, que estão protestando contra o uso maciço de pesticidas nas áreas de cultivo de prosecco.

Organizações locais em Veneto tiveram a oportunidade de conhecer dois líderes mundiais em pensamento ecológico: Vandana Shiva e Salvatore Ceccarelli, respectivamente presidente e membro do conselho de diretores da Navdanya International. “Não é verdade que você tem que usar pesticidas para ter lucro, você pode ter lucro mesmo sem pesticidas”, disse Salvatore Ceccarelli. “Isso é demonstrado pelo fato de existirem tantas empresas, incluindo vinícolas, que trabalham com técnicas biodinâmicas de cultivo e geram retornos significativos”. Durante a conferência em Pala 2, que contou com mais de 1500 pessoas de todo o Veneto e regiões vizinhas, a Dra. Vandana Shiva disse que “estamos imersos em um sistema de desenvolvimento não humano que rouba da natureza e dos seres humanos e que é responsável por ecocídio e genocídio. Mas a saúde da Terra e a saúde das pessoas é uma só. Alternativas existem e são baseadas na regeneração de solos através da agroecologia, a preservação da biodiversidade, a promoção de sistemas alimentares de cadeia curta de abastecimento. Cada um de nós pode reverter a atual tendência desastrosa com nossas pequenas grandes escolhas diárias: podemos mudar o mundo a cada mordida que comemos, a cada roupa que escolhermos, a cada viagem, a cada compra. Devemos retomar o direito de salvar as sementes e a biodiversidade, o direito à alimentação saudável e o direito de proteger a terra e suas muitas espécies. Nós devemos parar o roubo de corporações em detrimento dos pobres e da natureza. A democracia alimentar deve estar no centro da agenda da democracia e dos direitos humanos, no centro do programa de sustentabilidade ecológica e justiça social ”.

Em Veneto, o problema é a monocultura de vinha, enquanto no sul do Tirol o problema é o das maçãs. Ulrich Veith, prefeito de Mals, que também participou da conferência de imprensa em Roma em março, recebeu a Dra. Shiva em 11 de abril em sua aldeia de Mals, no vale de Venosta, o prefeito promulgou recentemente um referendo para proibir o uso de pesticidas no município, a partir do qual foi produzido um regulamento municipal e depois bloqueado pelo tribunal de contas.

Content not available.
Please allow cookies by clicking Accept on the banner

Vandana Shiva declarou: “A agricultura, não podemos esquecer, é a cultura do solo e da terra. E é exatamente isso que estamos destruindo com venenos”. Outros tópicos abordados pela presidente da Navdanya Internacional foram: a externalização dos custos da agricultura industrial e suas consequências econômicas e de saúde, a ligação entre a crise climática e a crise de refugiados, a deficiência de nutrientes encontrados em alimentos industriais e, acima de tudo, o fato de que venenos na forma de pesticidas danificam não só o planeta – e, portanto, o clima – mas todos nós, assim como outras espécies, que têm direito a um futuro nesta terra. “Eu gostaria que houvesse muitos Mals no mundo”, disse Vandana Shiva, “porque Mals não está apenas lutando por si mesma, mas representa uma importante experiência pioneira para o mundo como um todo”.

Já em outubro de 2017, em Nova Delhi, Índia, Navdanya reuniu comunidades dos Alpes, representadas pelo prefeito de Mals e comunidades do Himalaia que cultivam a terra sem produtos químicos, para unir forças e se comprometerem a iniciar uma rede de comunidades orgânicas sem veneno a nível global. A reunião de 11 de abril foi uma oportunidade para assinar em conjunto um compromisso renovado para uma transição imediata para modelos de produção agroecológicos que respeitam a biodiversidade e combatem as mudanças climáticas.

O evento organizado pelo Best Economy Forum em Bolzano, na manhã de 11 de abril, recebeu Vandana Shiva para discutir as implicações econômicas da transição para um modelo de produção sustentável e ecológico: o recente manifesto Alimento para Saúde mostra que a transição não é apenas conveniente e eficaz para a saúde das pessoas e do planeta, mas também para a economia.

Comentando o sistema econômico atual, a Dra. Vandana Shiva disse que “o crescimento ilimitado segue o modelo da célula cancerígena, que não sabe quando parar. Na natureza não há crescimento ilimitado”, e em particular no fenômeno da globalização predatória, ela afirmou que “a água é um bem comum que pertence às pessoas. A água não pode ser fabricada, só pode ser roubada – e é precisamente isso que a Coca-Cola e outros fazem ”.

Além de beneficiar a economia, a agroecologia pode ter sucesso onde a agricultura convencional falhou, ou seja, alimentar a crescente população mundial? Esta é a questão que foi discutida em Trento, em 12 de abril, por ocasião dos 10 anos de atividade da associação L’Ortazzo. Em seu discurso no Salão de Cooperação, com uma audiência de cerca de 500 pessoas presentes, a Dra. Vandana Shiva nos lembrou de um prazo que afeta todos nós: “Nunca tivemos essa situação na história da humanidade, sabemos exatamente o que será acontecer em 100 anos, mas para mudar de rumo, para evitar nossa própria extinção, temos apenas 10 anos!”. A Dra. Vandana Shiva foi questionada sobre o que é possível fazer na prática, como cidadãos simples e associações locais, para promover a Democracia da Terra. A resposta da ativista foi: “Nós somos a comida que comemos. Alimento que ou destrói nossa saúde ou nos nutre. Acredito que o lugar onde voltamos para cuidar da terra e recuperar nossa liberdade está na conexão entre produção e consumo de alimentos. Mesmo pequenas realidades locais podem desencadear a mudança: tudo o que vive começa no pequeno,  a comida começa com uma semente muito pequena. Temos cerca de 100 trilhões de bactérias em nosso intestino, que trabalham juntas para criar tudo o que precisamos. Se nos consideramos uma bactéria no intestino, entendemos que, como comunidade, temos poder real ”.

Será que uma mudança de paradigma cultural também será necessária para realizar a transição? Vandana Shiva foi entrevistada pelo jornalista Stefano Liberti durante o festival de arte Poietika, que aconteceu em 9 de abril em Campobasso. Durante a reunião, a Dra. Shiva disse: “Nos sistemas da natureza não há alimentos caros e baratos. É o sistema de comércio, dirigido por corporações, que fez essa diferença. E nossa dieta piorou devido a esse tipo de comércio. Nenhuma sociedade decente deve permitir alimentos para os ricos e alimentos para os pobres. É isso que temos que mudar ”.

A Dra Shiva também foi convidada do Festival de Cinema de Valsusa em Turim no dia 13 de abril, onde apoiou o pedido da sociedade civil para instituições protegerem sua região de investimentos especulativos que não parecem estar de acordo com a vontade democraticamente expressa pelas comunidades locais.

Durante décadas, fertilizantes e pesticidas químicos contribuíram para contaminar a terra, a água e o ar. Eles estão envenenando os habitantes das áreas rurais e todos aqueles que comem alimentos cultivados em terras contaminadas. O fracasso de tal modelo de agricultura está agora finalmente aos olhos do público.

Este tour marcou o início do crescimento de um movimento que se opõe à devastação que atinge os territórios e quer recuperar um modelo de desenvolvimento sustentável, através de um modelo agrícola que respeite a vida e a Terra. Em todo lugar do mundo Sistemas alimentares ecológicos baseados em economias solidárias e circulares estão se desenvolvendo. Estas são experiências reais que mostram que a agroecologia é agora a única maneira de produzir alimentos saudáveis, reduzir o desperdício e a desigualdade, contrastar a crise climática e defender a soberania alimentar das pessoas, colocando a saúde dos cidadãos e o futuro de todos nós em primeiro lugar.

Translation kindly provided by Isabela Stavale C. Gonçalves




By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close