Home > Publications > Compromisso por Alimentos e Agricultura Sem Veneno 2030

Compromisso para evitar a Sexta Extinção em Massa e Catástrofe Climática através de comunidades orgânicas livres de combustíveis fósseis e livres de venenos.

Os sinais são altos e claros. Da Terra. De diversas espécies. Dos insetos. Da ciência. Das mulheres. Das crianças. Das comunidades indígenas. Do aumento da doença em nossas vidas diárias.

A vida neste planeta, o nosso próprio futuro, está sob a grave ameaça da sexta extinção em massa e da catástrofe climática. A extinção de espécies, desaparecendo a biodiversidade e a destruição do clima sistema de clima do planeta estão são interligados através de combustíveis fósseis e venenos químicos baseados na competição aquisitiva desenfreada e na industrialização agrícola baseada no lucro.

É claro que a sexta extinção em massa já começou, impulsionada pela ganância sem limites do 1% e sua total desconsideração dos limites ecológicos estabelecidos pela Terra, e os limites inerentes à justiça social e aos direitos humanos.

Estamos esquecendo que somos uma humanidade em um planeta. Não há planeta B. É aqui que ou continuaremos a viver, ou seremos extintos como espécie, junto com os milhões de espécies que foram levadas à extinção pela violência e negligência de uma agricultura baseada em venenos.

Abelhas, borboletas, besouros e outros insetos estão desaparecendo no que tem sido chamado de “apocalipse dos insetos”. Os pesticidas e venenos químicos, usados ​​pela primeira vez para matar seres humanos em campos de concentração, foram posteriormente usados ​​na agricultura industrial como “guerra contra insetos”. Matar insetos é o seu propósito. Proteger a vida na terra é fundamental.

Os cientistas advertiram que “A menos que mudemos nossas formas de produzir alimentos, os insetos como um todo irão seguir o caminho da extinção em poucas décadas”.

A epidemia de doenças crônicas é também o resultado da disseminação de toxinas em nossos sistemas alimentares.

Acordos desleais de “livre comércio” estão espalhando venenos em alimentos e agricultura em todo o mundo, destruindo sistemas alimentares locais e ecológicos, que protegem a Terra e nosso futuro.

Os pequenos agricultores que cuidam da Terra e da nossa saúde através do cultivo de alimentos reais que nos nutrem estão a ser extintos, com 200 espécies que desaparecem diariamente com a disseminação da agricultura industrial de capital e químicos intensivos.

Junte-se à Rede de Alimentos e Agricultura Sem Veneno

Escreva-nos para info@navdanyainternational.it para nos informar sobre suas ideias e trabalho, bem como questões, projetos e ações em sua comunidade, e saiba mais sobre como se envolver.
  • Opcional
  • Opcional
  • Opcional
  • Tipos de arquivos permitidos: jpg, gif, png, pdf, jpeg
    Opcional
  • Assine a Newsletter da Navdanya Internacional neste LINK (opcional)
    Ao enviar este formulário, declaro que li e concordo com os Termos de Uso e Declaração de Privacidade - Terms of Use and Privacy Statement

O Painel Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES) alertou em sua avaliação que “A expansão rápida e o manejo insustentável de terras agrícolas e pastagens é o mais amplo direcionador global da degradação da terra, causando perda significativa de biodiversidade e serviços ecossistêmicos – segurança alimentar, purificação da água, fornecimento de energia e outras contribuições da natureza essenciais para as pessoas.

Isso atingiu níveis “críticos” em muitas partes do mundo […] Com impactos negativos no bem-estar de pelo menos 3,2 bilhões de pessoas, a degradação da superfície terrestre por meio de atividades humanas está empurrando o planeta para uma sexta extinção em massa da espécie.”

O paradigma industrial e de monocultura do cultivo de alimentos, baseado em venenos é responsável pela destruição da biodiversidade, pela extinção de espécies e por impulsionar às mudanças climáticas.

50% das emissões de gases de efeito estufa provêm de um sistema alimentar industrial que também está a desenraizar os pequenos camponeses que fornecem 80% dos alimentos.

O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, IPCC, advertiu que temos doze anos para limitar a catástrofe das mudanças climáticas.

A vida, a sociedade e a democracia estão ameaçadas. O planeta e nossas vidas estão sendo destruídos pela força bruta chamada erroneamente de economia. A economia como a ecologia, é derivada de “oikos”, nossa casa, a terra. Uma economia que destrói nossa casa não é mais economia. É uma guerra contra o planeta, o povo e o nosso futuro.

Os Hopi descrevem os fenômenos de destruição de tudo o que sustenta uma sociedade como Powaqqatsi – “uma entidade, um modo de vida, que consome as forças vitais dos seres para promover sua própria vida”. Isto está claramente em evidência hoje – estamos lidando com um sistema/força extrativo destrutivo que enriquece os ricos e aqueles que controlam e roubam as pessoas de seus direitos, saúde e bem-estar. Se continuarmos nesse caminho, permitindo que as corporações continuem extraindo e degradando o planeta e empobrecendo seus solos e cidadãos, nossa frágil teia de vida será envenenada e quebrada, a diversidade de espécies será levada à extinção, as pessoas perderão todas as liberdades para sua semente, para sua soberania alimentar, para seu conhecimento e decisões, todas as relações sociais serão rompidas e quebradas.

Proteger a vida na terra torna a agricultura ecológica local e a agricultura orgânica um imperativo. Esta transição está no coração do movimento de Alimentos e Agricultura sem Veneno.

Nosso amor pela terra não permitirá que esse futuro se desdobre. Nós abraçamos a humanidade e celebramos nossa diversidade biológica e cultural. Nós defenderemos os direitos da Terra e os direitos de todos os seus cidadãos, bem como de todas as crianças.

Ao primeiro fazer a paz com a Terra, podemos criar a paz entre os povos. Ao reconhecer os direitos da Mãe Terra, somos mais capazes de defender os direitos das pessoas. Juntamente com a nossa criatividade e a generosidade da Terra, reduziremos a nossa pegada ecológica e expandiremos a nossa consciência planetária de sermos uma Família da Terra, com um lar comum.

A Terra é para todos os seres hoje e amanhã. Juntos, como diversas espécies e culturas diversas, e através da agricultura e alimentos orgânicos livres de venenos, que oferecem soluções climáticas e rejuvenescem a biodiversidade, temos o poder criativo para impedir a sexta extinção em massa e a catástrofe climática. Juntando as mãos, quem quer que sejamos, onde quer que estejamos, devemos criar “círculos oceânicos em constante expansão, e ascensão” de comunidades livres de veneno, livres de combustíveis fósseis, celebrando nossa vida e liberdade interconectadas.

Este é o chamado da Democracia da Terra, nosso maior dever como cidadãos da Terra.

Translation kindly provided by Isabela Stavale C. Gonçalves


Junte-se à Rede de Alimentos e Agricultura Sem Veneno 

Escreva-nos para info@navdanyainternational.it para nos informar sobre suas ideias e trabalho, bem como questões, projetos e ações em sua comunidade, e saiba mais sobre como se envolver.

www.navdanyainternational.orgwww.seedfreedom.infowww.navdanya.org

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close